Monday, October 21, 2013

Cansada de frustações na cozinha.... Vamos pensar antes de publicar!

Porque há dias em que acordamos virados do avesso e eu hoje estou num desses dias (bem melhorsinha agora), deixo aqui o meu apelo para aqueles possuidores de blogues ou websites e que aí publicam receitas de bolos, bolinhos, tortas e/ou pães sem glúten  e que são supostamente hiper saborosas e cujas fotos são bastante apelativas, façam um grande favor aqueles que mais tarde as experimentarem e revejam essas receitas.

E porquê? Porque até agora e acreditem que procuro sempre blogues com alguma dimensão e cujos autores de alguns até já livros publicaram, nenhuma receita causou em mim ou na minha cara metade (também ele chef) um sorriso ou um expresso desejo de partir para uma segunda dose.

O facto de a fotografia estar muito bem tirada não significa que o resultado e especialmente a textura seja.  Esperada por parte de um muffin ou de um bolo, por exemplo. O sabor até pode lá estar, mas  a textura, e sim esta é fundamental e complicada de atingir na perfeição desejada e é ela que faz a diferença entre uma receita normalsinha e uma que realmente resulta como deve resultar.

E sabem porquê? Porque para a atingir é necessário uma boa pesquisa de ingredientes, combinações, técnicas, temperaturas, etc.

Então, e depois de várias frustrações na cozinha, mas sempre perseguindo o desejo de ter em casa coisas tão normais como um simples pão, muffins, pasta/massa, tortas ou bolos sem gluten e/ou lactose , decidimos, aliás, a ideia partiu do Ian, partir para uma aventura.

"Eu não quero que tenhas de cozinhar duas coisas diferentes para uma mesma refeição, uma para mim e outra para ti, somente porque és intolerante à lactose e ao glutén. Vamos antes pegar em receitas standard que tenham o glutén como um elemento fulcral e torná-las em saborosas e efectivas gluten-free receitas.".

Este nosso projecto (que gosto de apelidar de Tasty and Effective Free From) servirá não só para melhorar o nosso convívio à mesa, assim como ajudar outros que passam pela mesma situação  (não só da intolerância, assim como o da frustração com as tais receitas).

Eu adoro pesquisar, organizar e cozinhar e estando agora de licença de maternidade tempo é coisa que tenho e que procuro usar da forma mais enriquecedora possível. Já o Ian tem uma experiência de 11 anos enquanto chef (umas mãos de ouro)  e acredito que juntos consigamos alcançar bons resultados.

Portanto, e frustrações à parte, o comboio está já em marcha e esta semana começaremos por testar Sticky Toffee Pudding (bem British e do outro mundo), Bolo de Cenoura e uma variedade de pão ainda por decidir.

Assim que o sucesso for alcançado, irei com certeza aqui partilhar.

No comments: