Wednesday, September 24, 2014

Ser mãe também passa por cuidar do bem estar alimentar do rebento


Hipócrates, considerado por muitos o pai da Medicina, dizia que o Alimento e o nosso primeiro Medicamentos e talvez seja tendo esta ideia em mente que procure não só aliementar- me o melhor possível todos os dias como o faço com o meu piolho.

Procuro, enquanto mãe, que o meu rebento tenha uma alimentação o mais variada e completa possível todos os dias. Mesmo passando cerca de 9 horas do meu dia cozinhando para os outros tal não me tira a vontade e nem a paciência para,, e mesmo torta de cansaço, de tanta correria entre trabalho e creche e lidas da casa, preparar as refeições do meu pequeno e as minhas o mais frescas e completes possíveis.

Da trabalho? Sem duvida que da. Mas aperceber-me que em 9 meses de muita vida ainda de nenhuma doença padeceu, tem energia para dar e vender e uma alegria contagiante, isso basta-me para continuar na minha senda de 2 sopas diferentes por semana, uma cuja principal proteína e o peixe (truta, cavala, salmão, sardinha, carapau ou robalo) e outra carne (em especial carne vermelha dada a maior concentração de ferro), vários purés de fruta – faço sempre a conjugação de 2 ou mais frutas em cada mistura e o mais variado possível.

Sou das que defende que criança ate atingir o primeiro ano de vida deve evitar ao máximo a ingestão de sal e de açúcar refinado e daí para a frente estes dois elementos devem ser bem controlados para evitar futuros problemas de pressão alta e níveis altos de hiperactividade ou falta de concentração que estão muitas vezes associados ao consumo excessivo de açúcares refinados.

Também não sei se tenho sorte com o filhote que tenho ou se ele tem azar com a mãe que tem, pois não lhe dou muita chance para ser picuinhas com o que come. Dou-lhe de tudo quanto seja fresco ou pouco processado, portanto, entre frutas, vegetais, carne, peixe, grãos, sementes e cereais (lentilhas, feijão, grão de bico, ervilhas, arroz, aveia, trigo), frutos secos, ovo (depois dos 7 meses), iogurte natural, manteiga sem sal e pão integral (delira quando e tostado) a dieta dele e a minha realiza-se.

Dava menos trabalho comprar comida já meio preparada e só colocar no microondas ou no forno e bola para a frente, mas o meu dia não teria tanta graça se eu não acordasse já a 1000 e me deitasse a 1200 ;-)

Ser mãe também é isto, cuidar do bem estar alimentar do rebento e assegurar que ele aprende desde cedo regras básicas de alimentação para que quando crescer possa ele mesmo fazer as suas escolhas alimentares de forma cuidada e inteligente.



No comments: