Monday, April 20, 2015

Salada é sempre muito bem vinda / A Salad is always welcome


Agora que a Primavera parece ter chegado e naqueles dias em que o sol brilha bem forte, eu preciso de uma saladinha bem colorida, substancial e ao mesmo tempo leve.

E acreditem, mesmo, que eu partilhei esta salada com o Edu (16 meses de idade), já que é uma refeição rica em proteína, hidratos de carbono, gorduras monoinsaturadas, vitaminas e minerais, TUDO.
Sei que tenho sorte , também fiz por tal aconrtecer, pois o Edu come bastante bem e sâo poucas as coisas a que diz Não.

Resolvi ficar-me por uma versão vegetariana, mas podem sempre juntar um peixe grelhado ou mesmo uma carne, o que melhor se adequar ao paladar aí de casa.

Aqui na imagem a salada está toda bonitinha, mas para as crianças e mesmo pré e adolescentes talvez seja melhor misturar todos os ingredientes inicialmente numa taça, envolver com o molho e depois colocar num prato fundo e servir de imediato com um sorriso de orelha a orelha, com bastante otimismo, demonstrando o quão nutritiva aquela refeição é e o quão leve é para estes dias mais quentes.

Eu sou daquelas pessoas que defendo que o paladar é algo que se treina, que se deve testar, experimentar e só depois dizemos se gostamos ou não. E, há ingredients qe não gostamos crus, mas que até comemos quando cozinhados, ou então nao gostamos se os vimos, mas que no meio de uma tarte/quiche/omelete/fritata até desce E com as crianças, vale muito o poder da palavra, de termos um bom e seguro argumento e mostrarmos por via do exemplo directo que alimentarmo-nos bem é fundamental

Como a imagem mostra é uma salada composta por:
-quinoa cozida (*)
- tomate (sem sementes)
- abacate
-pêra
-avelãs tostadas
-espinafres
-rúcula
-alface roxa
-sementes de chia
-sementes de sésamo
-molho de iogurte (iogurte natural+sal+pimenta-preta+azeite)

*eu cozinho uma a duas chávenas de quinoa de uma vez e guardo no frigorífico para poder acrescentar a outras refeições nos dias seguintes e assim não ter de a cozinhar sempre que a necessito
-------------------------------------------------------------
Now that spring seems has arrived and during one of those days when the sun shines, normally I fancy a colourful, substantial and, at the same time, light salad.

And believe me, I shared this salad with Edu (16 months old), because it is complete a meal rich in protein, carbohydrates, mono-unsaturated fats, fibre, vitamins and minerals, EVERYTHING.

I know I'm lucky because Edu eats quite well and there are just few things that he says no No.

I decided to keep this salad in a vegetarian version, but you can always add a grilled fish or even meat, something that suits better your taste.

As you can see, on the picture. the salad is all cute, but for little ones and even pre and teens may be better mix all ingredients in a bowl first, involved with the dressing and then put into a plate and serve immediately with a smile, with plenty of optimism, showing how nutritious that is and how light is for these hot days.

I am one of those people who argue that the palate is something that you train, you should test, experience and then say whether you like it or not. And, there are ingredients you do not like raw, but when cooked you appreciate it, or you do not like to see it but in the middle of a tart / quiche / omelette / frittata there is no problem.
And with children, it is huge the word’s power (dialogue), we should have a good and strong argument and show them by direct example how crucial for our health and good developing is what we eat.

As the picture shows this salad consists in:
-quinoa cooked (*)
- Tomato (no seeds)
- Avocado
-pear
-hazelnuts, toasted
-spinach
-rocket
-lettuce
-chia seeds
- Sesame seeds
- Yogurt dressing (yogurt, salt, black pepper, olive oil)

* I cook 1 or 2 cups of quinoa at a time and keep in the refrigerator to add into other meals during the following days and so I do not have to cook all the time

2 comments:

Ovelha Negra said...

Cada vez mais gosto de saladas! Se antigamente era quase obrigatório as saladas terem alface, actualmente podem ter tantos outros vegetais, frescos e crocantes, e frutas.
Apesar de não ser fã de pêra, adorei esta salada :)
A Cozinha da Ovelha Negra

Joana Junqueira said...

Não gosta de pêra, mas maçã, manga ou mesmo pêssego (bem madur9, também fariam um brilharete :)

Eu amo saladas, e destas mesmo, diferentes, muito coloridas, com combinações diferentes, misturando por vezes o quente e o frio.
Salada é mesmo isso, um mix, de frutas ou vegetais, ou mesmo dos dois...a
é o limite (de verdade9 e até os mais pequenos devem ser ensinados desde tenra idade o quão interessante a níel nutricional e do paladar estes mixes podem ser.-) Por vezes, acho que sou uma believer.-9
Um abraço